sábado, 11 de setembro de 2010 | By: Leandro Carvalho

Minha Menina

Posso te falar de um sonho que outrora tive;
E é impulsionado por esse sonho que minha alma ainda vive;
Quando a dor era minha única e triste verdade;
Em teus versos mudos, pude crer que ainda existe felicidade;
-
Posso te falar do tempo, vilão vil e impiedoso,a escorrer por entre meus dedos;
Levando embora meus mais secretos sonhos;
Transmutando, minhas mudas angústias em sonoros medos;
-
Posso te falar do sol que brilha sem parar;
Mesmo que à noite se faça lua;
Para em silêncio,a tua beleza comtemplar;
-
Posso te falar do turbilhão de sentimentos, onde minha alma está a vagar;
A dor me faz querer partir, mas, o coração me pede pra ficar;
Pois, sei que teu mais singelo abraço, me dá forças pra lutar;
Então, vem minha doce menina, pois teus MEDOS quero comigo levar;

(Leandro de Carvalho Pereira).

3 comentários:

Anônimo disse...

que linda essa poesia! Parabéns Lê. beijão, Mariana Vasconcelos :)

Anônimo disse...

sempre me pego relendo suas poesias. amo o modo como seu coração se expressa com as palavras.

bju, menino bobo.

Lord Daniel Salem, Príncipe da deusa Nyx disse...

Muito lindo este poema, amigo! Meus parabéns^^ Adorei teu blog! Espero por tua visita no meu blog. Abraço!

Postar um comentário

Facebook

Creative Commons

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Sejam bem-vindos. Hoje é

Recomende Nos...

Envie esta página a um amigo!